Embalagem cartonada à base de matéria-prima de fonte vegetal: uma realidade.

signature set 17

Alinhada à sua estratégia global de sustentabilidade, a SIG Combibloc desenvolveu a primeira embalagem cartonada asséptica produzida 100% com matéria-prima de fonte vegetal e, portanto, renovável. Trata-se da Signature Pack, uma solução de alto valor agregado que atende às demandas da indústria e às expectativas dos consumidores.

Sabe-se que vários drivers norteiam hoje as indústrias de alimentos e bebidas e dois deles são de extrema importância: a demanda dos consumidores por produtos amigos do meio ambiente e por embalagens sustentáveis. Pesquisas mostram que a venda de bens de consumo de marcas que demonstram seu compromisso com a sustentabilidade cresce mais que a venda de marcas que não carregam este apelo.

E estas foram justamente as principais justificativas para o desenvolvimento da Signature Pack. A nova embalagem também encabeça um movimento de substituição de plásticos de origem convencional (basicamente de fonte fóssil, como o petróleo), por polímeros de base vegetal, mais sustentáveis. No caso da Signature Pack, o polímero usado para revestir o cartão e produzir a tampa é proveniente de madeiras certificadas na Europa de acordo com a ISCC PLUS (Certificação Internacional de Sustentabilidade & Carbono) ou CMS 71 (padrão de certificação TÜV SÜD), respectivamente, por meio de um sistema de balanço de massa (mass balance). Na prática, isso significa que para os polímeros usados na Signature Pack, uma quantidade equivalente de matéria-prima de base bio entraram na composição dos demais polímeros.

Já é consenso no mercado global, que o desenvolvimento de uma embalagem cartonada asséptica com materiais de origem vegetal e renovável é um tremendo desafio. Isto porque este tipo de embalagem, que mantém o produto sem refrigeração por um longo período, exige propriedades barreira muito mais eficientes que as encontradas nas embalagens para produtos refrigerados.

Esta inovação também reflete a preocupação da SIG com sua jornada de balanço positivo. Neste caso, o foco reside em três áreas principais, cujo cerne é a responsabilidade que norteia o gerenciamento da empresa, da escolha dos materiais e das linhas de produção. Vale lembrar que as embalagens da SIG jã são compostas por até 82% de madeira (matéria-prima do cartão), um recurso renovável.

 

 

Movimento “Separe.Não Pare” já é realidade

Lançado em Brasília no final de agosto, o movimento “Separe. Não Pare” quer informar, inspirar e mobilizar a população… Leia Mais »

Polinização para a sobrevivência

Talvez você não saiba, mas a polinização é um serviço que alguns seres da natureza nos oferecem para a nossa sobrevivência. … Leia Mais »

Logística reversa – o que é isso?

Embora pareça uma denominação complicada, muitos já praticaram a logística reversa sem saber. Lembra-se daquele… Leia Mais »

O que é certificação FSC?

Se você é um consumidor atento já deve ter reparado que algumas embalagens recebem a sigla FSC. Ela pode estar na caixa… Leia Mais »