Eu-Penso-Meio-Ambiente-11

Toda ação gera uma reação. Por isso, é de extrema importância incentivar atitudes sustentáveis e agir desta forma, para que o retorno se potencialize – e o mundo se equilibre. Cada vez mais, práticas sustentáveis assumem um papel importante em nosso dia-a-dia, e ajudam a reduzir drasticamente o impacto no meio ambiente. Sejam ações praticadas por empresas, governo ou pessoas, a atuação sustentável deve ser sempre incentivada e compartilhada para tornar o mundo mais equilibrado.

Muitas empresas já têm demonstrado essa preocupação, fortalecendo iniciativas de cuidado ao meio ambiente em suas operações e na busca pela ecoeficiência – que é a ciência de se produzir mais e melhor, reduzindo cada vez mais o desperdício e utilizando de modo racional os recursos como água, energia e matérias-primas.

Já faz pelo menos uma década que as empresas brasileiras, públicas e privadas, abraçaram a causa da sustentabilidade. Começou como uma preocupação genuína de cumprir as leis ambientais e de proporcionar qualidade de vida aos colaboradores e à comunidade. O movimento foi evoluindo para processos de produção mais eficientes e econômicos, até chegar ao desafio de desenvolver produtos que promovam mudanças ambientais, ou que tenham um design voltado para reaproveitar materiais, utilizar menos matéria-prima, fomentar cadeias produtivas que respeitem a natureza. Nesse sentido, a sustentabilidade corporativa prova que é a síntese de um processo que ficou conhecido como ganha-ganha-ganha: ganham as empresas (em competitividade, rentabilidade e imagem), ganham as pessoas em qualidade de vida, ganha o planeta.

São muitas as atitudes sustentáveis que estão ao alcance das empresas. Tratar os principais resíduos decorrentes de sua produção é um imperativo; reciclar o lixo e reutilizar a água; buscar o uso de formas alternativas de energia, dando ênfase a fontes renováveis, é outra forma de contribuir para a redução da poluição e minimizar o aquecimento global. Investir em pesquisa e desenvolvimento voltados à inovação com foco em sustentabilidade é também um grande diferencial, que pode agregar novos mercados aos seus produtos, uma vez que muitos consumidores já priorizam empresas que estejam atentas à questão. Realizar análises de ciclo de vida de seus produtos, verificando seus impactos desde a fabricação até o descarte, também é uma ferramenta importante para a gestão ambiental nas companhias.

Além de trazer a sustentabilidade para o coração dos seus negócios, as empresas também podem promover ações ambientais que suavizem o impacto de suas atividades – como plantar árvores para reduzir sua pegada de carbono -, ou envolver os colaboradores em ações de voluntariado voltadas ao meio ambiente, como a limpeza de uma área degradada, na educação ambiental de crianças e adolescentes ou mesmo na disseminação de informações sobre o tema. Mais uma vez, todos têm a ganhar.

Polinização para a sobrevivência

Talvez você não saiba, mas a polinização é um serviço que alguns seres da natureza nos oferecem para a nossa sobrevivência. … Leia Mais »

Manejo florestal e a conservação da biodiversidade

Será que é possível utilizar recursos da floresta e manter a sua biodiversidade conservada ao mesmo tempo? Sim! É possível… Leia Mais »

Logística reversa – o que é isso?

Embora pareça uma denominação complicada, muitos já praticaram a logística reversa sem saber. Lembra-se daquele… Leia Mais »

É possível ser sustentável nas cidades?

A resposta é sim, é possível! Diante do ritmo frenético do consumo e exploração dos recursos naturais, a boa notícia… Leia Mais »