Bolhas de cor e de sustentabilidade


O tom amarronzado do óleo de cozinha usado dá lugar a um arco-íris de cores, formas e perfumes, invocando a velha máxima de que na natureza nada se perde, tudo se transforma. É o que está sendo feito na comunidade Cidade de Deus, no Rio de Janeiro, graças a uma iniciativa que une empreendedorismo feminino, cuidado ambiental e conscientização da população.

Imagem2

O projeto, batizado de Bolhas Coloridas, recolhe o óleo de cozinha usado, que muitas vezes ia parar no ralo das casas contaminando a água, e transforma o que era resíduo em matéria-prima para a produção de delicados sabonetes, além de sais de banho, detergentes, sabão em pasta e outros produtos de limpeza. De acordo com as companhias de saneamento, cada litro de óleo que é jogado na pia contamina até um milhão de litros de água – um ato muitas vezes corriqueiro, mas que causa um tremendo impacto ambiental e gera custos extras no tratamento de água.

Ao mesmo tempo em que reduz um problema ambiental, a iniciativa gera uma alternativa de renda para cerca de 30 mulheres que estão envolvidas na fabricação do sabão. A ação faz parte de um projeto maior, chamado Elas em Movimento, que investe em empreendedorismo feminino nas comunidades cariocas que receberam Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) – e tem patrocínio de um fundo social criado pela Chevron, empresa americana de extração de petróleo.

Imagem1

Para manter a fábrica funcionando, as mulheres envolvidas na iniciativa solicitam aos moradores e comerciantes da comunidade que recolham o óleo de cozinha usado em garrafas plásticas, e encaminhem esses recipientes à fábrica. Em troca, recebem sabão, o que estimula, em uma corrente positiva, que outras pessoas também passem a recolher o óleo usado. Parte da produção é vendida no bairro.

Em torno de 300 litros de óleo são usados na fabricação de produtos de limpeza todos os meses, entre eles 1.200 sabonetes perfumados, que podem ganhar o formato de corações e flores. Além de ajudar o meio ambiente, o projeto está reforçando a autoestima das empreendedoras e ajudando a colorir a vida da comunidade.


Bolhas de cor e de sustentabilidade

2 comentários em “Bolhas de cor e de sustentabilidade

  1. Sou da Associação Grupo Cultural Lata Doida, nosso foco é música e meio ambiente,há algum tempo recolhemos óleo vegetal usado vendemos parte deste óleo e fazemos sabão de forma artesanal. Gostariamos de saber mais sobre o aproveitamento do óleo usado na fabricação de sabonete e outros. Aguardo resposta.

    Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>